Cuiabá , MT - -

ESPECIAL: 50 ANOS DO TヘTULO DE CAMPEテO DOS 250 ANOS DE CUIABチ. A histria da conquista que marcou a capital

Em 1969, Cuiab completava 250 anos. Um campeonato de futebol foi organizado para homenagear a capital mato-grossense e premiar o vencedor com o ttulo de 'Campe縊 dos 250 Anos de Cuiab'.


A competição teve início em maio, com a participação de seis clubes: Boa Vista, Dom Bosco, Mixto, Operário, Palmeiras e Riachuelo. 

As equipes jogaram entre si em turno e returno. O campeão de cada turno fez a final do campeonato. O primeiro turno foi vencido pelo Dom Bosco, que garantiu uma das vagas na disputa do título. O Mixto venceu brilhantemente o segundo turno, com cinco vitórias em cinco jogos!

A taça do título de Campeão dos 250 anos de Cuiabá


Para decidir o campeonato, Mixto e Dom Bosco, no dia 14 de setembro, deram início a uma "melhor de 4 pontos" (a vitória valia 2 pontos e o empate 1, os times jogavam até um deles somarem os 4 pontos). 

Houve empate no 1º jogo, a partida foi finalizada em 2 a 2. Ferreira e Valdemir foram os autores dos gols do azulão e os dois gols do Tigre foram marcados contra, por JK e Nelson Leão. Na partida seguinte (2º jogo), vitória mixtense pelo placar de 3 a 1. Rômulo, Ruiter e Valtinho fizeram os gols.


A grande decisão (3º jogo) aconteceu no dia 25 de setembro, com o estádio Presidente Dutra lotado. O Dom Bosco precisava da vitória para forçar uma nova partida e, ao Mixto, o empate já servia para assegurar o título. Aos 26 minutos de jogo, Gonçalo abriu o placar, de pênalti, para o azulão. Quando tudo parecia definido, eis que, aos 44 minutos do segundo tempo, Ruiter, após tumultuada jogada, chuta de direita e deixa tudo igual. Tremia o estádio com a vibração da torcida do Mixto. O árbitro carioca José Aldo Pereira levanta o braço direito e encerra a partida. Mixto campeão dos 250 anos de Cuiabá!

O título foi um dos mais marcantes da história do Alvinegro, tanto que uma das duas estrelas que hoje acompanham o escudo oficial é em homenagem a essa conquista que mobilizou a cidade. 

Manchete do Jornal O Estado de Mato Grosso no dia seguinte à conquista histórica

O jogo do título

Mixto 1 x 1 Dom Bosco 
Data: 25/09/1969
Local: Estádio Presidente Dutra 
Renda: NCr$ 9.032,00
Juiz: José Aldo Pereira (Federação Carioca de Futebol)
Gols: Gonçalo e Ruiter
Mixto: Fulepa, Nenê, Felizardo, Glauco, Darcy Avelino, Rômulo, Adalberto (Nadinho), Wilson, Ruiter, Filinto (Valtinho) e Ariel. Técnico: Teodorico.
Dom Bosco: Saldanha, JK, Gonçalo, Dunga, Churica, Franklin, Waldemir, Jaburu (Nelson Leão), Damasceno, Ferreira e Toninho.

Os resultados do Mixto

Mixto 4 x 1 Boa Vista (16/05/1969)
Mixto 4 x 1 Palmeiras (30/05/1969)
Mixto 1 x 3 Riachuelo (08/06/1969)
Mixto 1 x 0 Dom Bosco (15/06/1969)
Mixto 1 x 2 Operário - VG (29/06/1969)
Mixto 4 x 2 Boa Vista (20/07/1969)
Mixto 3 x 0 Palmeiras (03/08/1969)
Mixto 1 x 0 Operário - VG (10/08/1969)
Mixto 2 x 1 Dom Bosco (24/08/1969)
Mixto 5 x 0 Riachuelo (05/09/1969)
Mixto 2 x 2 Dom Bosco (14/09/1969)
Mixto 3 x 1 Dom Bosco (21/09/1969)
Mixto 1 x 1 Dom Bosco (25/09/1969)

A campanha do título

Jogos: 13
Vitórias: 09
Empates: 02
Derrotas: 02
Gols marcados: 32
Gols sofridos: 14

Artilheiros

09 gols – Ruiter 
06 gols – Filinto 
04 gols – Valtinho 
03 gols – Wilson 
02 gols – Ariel e Nadinho 
01 gol – Arnon, Gebara e Rômulo

Contra: Irapuã, JK e Nelson Leão 

O timaço do Mixtão

Elenco: Adalberto, Ademir Moreira, Ariel, Arnon, Darcy Avelino, Felizardo, Filinto, Fulepa, Gebara, Glauco, Laelson, Nenê, Rômulo, Ruiter, Sebastião Treme-Terra, Severino, Valtinho, Wilson e Zé Rondonópolis. Técnico: Teodorico.

Fonte: Sérgio Santos / Mixtonet
05/10/2019

Data: 2019-10-08 00:00:00
P疊inas Acessadas no ano de 2018: 185.719